9zKTfJ-7uoGn8rfN3-nwEVn2TuQ Dicas Eletrônica: Fonte Chaveada X Fonte Com Transformador

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Fonte Chaveada X Fonte Com Transformador

FONTE DE ALIMENTAÇÃO COM TRANSFORMADOR

A fonte com transformador é a que opera com a frequência da rede elétrica (60Hz ou 50Hz). Nesse tipo de fonte temos basicamente quatro blocos: transformador, etapa retificadora, filtragem e circuito de controle.
Nota:
O TRANSFORMADOR – transforma a tensão alternada da rede ao nível correto de tensão alternada que se deseja.
A RETIFICAÇÃO – é constituída por dois ou quatro diodos, que transformam a tensão alternada do secundário do transformador em uma tensão contínua ondulada (com ripple).
O FILTRO – é constituído basicamente por capacitores e indutores. Esses, por sua vez, retiram as últimas ondulações (ripple) que ainda possam existir sobre a tensão contínua, tornando-a mais pura.
FONTE DE ALIMENTAÇÃO CHAVEADA

No caso das fontes de alimentação chaveadas, as utilizações de um transformador de alta frequência permitem reduzir o tamanho e o peso das fontes chaveadas. Essas fontes utilizam transistores especiais (FETs), como interruptores eletrônicos de alta comutação, que diminuem as perdas e aumentam o rendimento total das fontes. Dessa forma, a potência controlada pela fonte fica maior.
As fontes chaveadas podem dissipar potências maiores, utilizando componentes de menores dimensões em relação à fonte linear, e trabalham com modulação de pulso, alterando a frequência da rede para uma faixa entre 20 e 60kHz. Com essa nova frequência, os principais componentes (transformador e capacitor de filtro) podem ser empregados em tamanho reduzido. Isso acontece porque, em alta frequência, o fenômeno de indução eletromagnética ocorre com maior facilidade, permitindo que o transformador seja construído com núcleo de ferrite (mais leve que o convencional de aço-silício) e menor tamanho. Ao mesmo tempo, o ripple também diminui, o que permite a utilização de capacitores de filtros também menores.
As fontes chaveadas são mais complexas e, portanto, exigem maiores cuidados na prevenção de interferência eletromagnética (EMI). Para um nível cada vez menor de potência, as vantagens das fontes chaveadas ultrapassam as desvantagens.

Fonte de Informação : Blog Radiotécnico e Eletrônica

Volte Sempre !!!!
Claudio Souto